Publicidade 01

Slider

Imagens de tema por kelvinjay. Tecnologia do Blogger.

publicidade

publicidade

Text Widget

Sample Text

TV 100 Barreiras

GERAL

SAÚDE

ENTRETENIMENTO

ESPORTE

FOTO DO FATO

Antônio Félix disse que sofreu preconceito e até ameaças após deixar grupo de oposição

FOTO: ARQUIVO CIDADE VERDE

O suplente de deputado estadual Antônio Félix (MDB), concedeu entrevista na última sexta-feira (03/07) ao Jornal Regional 1ª edição apresentado pelos os jornalistas Pedro Borges e Kátia Rodrigues na Rádio Meio Norte Fm de Campo Maior. Vários pontos foram esclarecidos, entre eles; a decisão de Antônio Félix apoiar a pré-candidatura do atual prefeito Professor Ribinha e o seu rompimento político com o grupo de oposição que é liderado pelo seu irmão João Félix.

Na entrevista, Antônio Félix fez revelações que o levaram a romper politicamente com o grupo. Traição, ameaças, preconceito e até chantagens sofridas pelo ex-deputado estadual o motivaram a não fazer mais parte da oposição de Campo Maior, grupo o qual ele afirmou que teria sido excluído.

Antônio Félix disse que foi traído na campanha de 2018, para ele teria sido uma decepção muito grande, injustiçado pelo líder do seu ex-grupo político que tem a frente seu irmão João Félix. “Durante as caminhadas nas eleições de 2018, Pedro Borges, eu entregando meus santinhos, pessoas a mando do meu irmão João Félix ia por trás e entregavam o santinho de outro candidato afirmando que o deputado deles não era eu” afirmou Antônio.

Antônio Félix falou que as pessoas precisavam de uma explicação, que a verdade não era o que muitos estavam falando pelas esquinas. Ele disse ainda que estaria firme na pré-candidatura do atual prefeito Professor Ribinha. “O prefeito Professor Ribinha foi solidário a mim, ele me procurou em busca de uma parceria para o desenvolvimento de Campo Maior e nós firmamos essa parceria. Eu também sempre tive um dialogo muito forte com o deputado estadual Paulo Martins” esclareceu.

PRECONCEITO

Antônio Félix disse que membros da oposição criticavam sua participação no grupo. Mim disseram isso Pedro: “Você não vai mais participar desse grupo por que está cego, não vai mais poder colaborar” Antônio se referiu a pessoas do grupo de oposição que ele não quis revelar o nome no rádio.   

O suplente de deputado esclareceu que teve no ano de 2019 um problema muito sério de saúde, Antônio Félix disse que quase perdeu a visão do olho direito, mas durante esse período ele nunca teria sido procurado pelo seu grupo e sim excluído. Antônio falou também que nenhum membro foi solidário ou procurou ele para conversar sobre a política de Campo Maior. Após passar por um procedimento cirúrgico, ele estaria com a visão e a saúde recuperada e pronto para da sua contribuição na eleição de 2020.

AMEAÇAS

Antônio Félix foi mais além quando revelou no decorrer da entrevista que ele, sua família e amigos sofreram ameaças, esse foi o ponto-chave para sua saída do grupo político. “Eu nunca fui radical em minha vida, sempre tive um coração bondoso no sentido de paz, eu procurei minha família e falei de tudo que estava acontecendo, da minha exclusão do grupo. Por tomar minha decisão, eu recebi por várias vezes ameaças, fui chantageado, meus filhos foram ameaçados, amigos meu foram ameaçados e até minha casa foi alvo de vandalismo” disse Antônio Félix.

Perguntado pelo apresentador Pedro Borges quem teria feito às ameaças, Antônio não quis dizer no rádio, falou somente que inclusive a pessoa o ameaçou pessoalmente, mas afirmou que as pessoas que deveriam saber do caso já tinham conhecimento de tudo e que estava nas mãos de Deus.  


Por: Diego Nascimento

Jovens entre 30 a 39 anos lideram o número de infectados pela COVID-19 em Campo Maior

Foto: WEB

A Prefeitura de Campo Maior, através da Secretaria de Saúde, divulgou na noite desta quarta-feira (01/07), o boletim atualizado trazendo o levantamento sobre a COVID-19 na cidade. O aumento no número de pessoas que testaram positivo para o vírus continua a crescer, os dados trazem 790 casos de pessoas que já se curaram e outras que estão em tratamento contra o vírus.

O maior número de contaminados está nos jovens com faixa etária de 30 a 39 anos, esses juntos somam 169 casos positivos para o coronavírus. Os dados preocupam, pois são os jovens que mais fogem do isolamento social e aumentam o risco de transmitir o vírus para outras pessoas.

Outro ponto a ser destacado é em relação as mulheres que ocupam hoje o maior número de contaminados pelo coronavírus, são: 448 mulheres e 342 homens que tiveram e que tem a COVID-19. 

A Secretaria de Saúde em parceria com a Polícia Militar, Vigilância Sanitária e Secretaria de Trânsito estão atuando fortemente com ações e medidas para combater o avanço do vírus. A Secretária de Saúde, Andréia Miranda, informou que todas as medidas estão sendo intensificadas no combate ao vírus.

As equipes estão distribuídas realizando barreiras sanitárias, fiscalizações, desinfecções das vias públicas e estabelecimentos e profissionais da saúde distribuídos no centro e bairros estão passando todas as orientações para a população de como se prevenir do vírus.  
.
VEJA O BOLETIM ABAIXO!




Ida Paz símbolo de lutas e perseverança é mais uma vítima da COVID-19; Campo Maior de luto


Os campo-maiorenses receberam uma notícia triste nas primeiras horas desta manhã de quinta-feira (02/07). Foi vítima da COVID-19 em Teresina a professora e ex-vereadora de Campo Maior Ida Paz. Professora Ida estava em tratamento contra o coronavírus, o quadro de saúde piorou devido a paciente possuir outras comorbidades e teve que ser transferida para uma UTI.  Ida Paz era símbolo de luta, perseverante, lutava por uma política de igualdade e defensora dos idosos e mulheres.

Ida Paz foi à fundadora do Partido dos Trabalhadores – PT em Campo Maior sigla a qual defendia e que levou a ser a primeira mulher a ocupar um cargo no legislativo eleita pelo partido. Ida deixa um grande legado, amizades e vários admiradores do seu trabalho, simplicidade e humildade.

A Professora Ida estava internada no Hospital Prontomed na capital Teresina, após o quadro de saúde ter maiores complicações nesta quarta-feira (01), Ida Paz teve quer ser entubada. A professora não resistiu os sintomas da COVID-19 e foi a óbito.

Familiares e amigos se despedem da professora através das redes sociais deixando mensagens de pesar e lamentando pela grande perda.

IDA FRANCISCA DE OLIVERA era professora da Rede Estadual de Ensino há 34 anos. Natural de Campo Maior. Decidiu participar da vida pública nos anos 90, foi a primeira vereadora mulher do Partido dos Trabalhadores (PT) em Campo Maior, Ida era formada em Pedagogia, Especialista em Paisagismo e Escritora.

Bairro Parque das Estrelas ganhará praça com campo society, pista de skate e cooper


Os moradores do Bairro das Estrelas serão contemplados com um espaço de lazer e esportes, uma praça que será construída na Quadra Z 36, naquele bairro com toda infraestrutura e modernidade.

O projeto é encabeçado pelo suplente de vereador Baker Martins que conseguiu os recursos junto ao deputado Fabio Xavier, hoje Secretário das Cidades (SECID).

A construção da praça será uma parceria com a Prefeitura de Campo Maior que recebeu a documentação e o projeto e cedeu o terreno e todo apoio logístico para a construção da obra. O prefeito Professor Ribamar, já disponibilizou o espaço, que tem cerca de 5.400 m².

O projeto contemplará um campo de futebol society, visto que os locais de esportes outrora utilizados, foram consumidos pela evolução das residências, e considerando que o autor do projeto, Baker Martins, é bastante vinculado ao meio esportivo, como futebol e ciclismo, de pronto incluiu nesse projeto o campo.

Também contará com uma pista de Cooper para caminhadas, e terá uma novidade, que será uma pista para Skate, um diferencial para o bairro.

Toda dotação orçamentária está sendo acompanhada, sendo que o secretario das Cidades, Deputado Fabio Xavier, abraçou a causa e se comprometeu no mais breve possível executar as obras.

Baker Martins, que tem um bom tramite político, trás a comunicação das reivindicações também na área da Educação, informando que seu amigo e Deputado Federal Fabio Abreu, está disponibilizando um Ônibus Rural Escolar – ORE 3, pelo programa de Aquisição de Veiculos para Transporte Escolar da Educação Basica – Caminhos da Escola, orçado no valor de R$ 228.912,00.
O oficio já foi apresentado por Baker Martins à prefeitura.

Segundo o prefeito Professor Ribamar Carvalho, é com muita satisfação e alegria que recebemos essa obra de infraestrutura para o bairro Parque Estrela, que em muito beneficiará todos os moradores, e que nós demos total apoio ao projeto e documentação, como também, a busca pela aquisição de um veiculo, que trará mais conforto para nossos alunos, de já agradecendo ao apoio e esforço que nosso Amigo Baker Martins tem feito junto aos deputados Fabio Abreu e Fabio Xavier, para tão bem servir nossa cidade. 

Baker Martins finaliza informando que nos próximos dias se afastará das atividades policiais, por conta da legislação eleitoral (Lei 9504/97), mas que continuará buscando melhorias e investimentos para a cidade de Campo Maior, tanto no centro urbano como no meio rural.



Informações: Portallíder

Idoso de 70 anos é a 10ª morte pelo coronavírus em Campo Maior

A cidade de Campo Maior registrou na noite deste sábado (27), a décima vítima fatal do coronavírus. Os dados informaram que o paciente era um homem de 70 anos, o mesmo tinha comorbidades e residia no Bairro Paulo VI. A vítima estava internado numa UTI do Hospital Chagas Rodrigues, em Piripiri.

A morte da vítima de COVID-19 foi confirmada pelo Hospital Chagas Rodrigues, por volta das 21 horas, após o homem não resistir ao tratamento da COVID-19 na Unidade de Terapia Intensiva.

Segundo a Secretaria de Saúde de Campo Maior, o município registra, atualmente, 663 casos positivos confirmados da COVID-19, sendo que 381 pessoas já conseguiram se recuperar e receberam alta médica. 256 pacientes seguem em isolamento domiciliar e 14 estão internados em leitos clínicos.

De acordo com o Boletim Epidemiológico, o Bairro Paulo VI registra 24 casos confirmados, mas o Cariri segue como epicentro da doença, com 112 contaminações registradas.

Informações: portaldecampomaior

 

 

Usuários do SAAE terão acesso a fatura digital a partir do mês de julho

Os usuários do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Campo Maior podem contar com a opção de receber a sua fatura de água, por e-mail. Além de disponibilizar a segunda via pelo site oficial (www.saae.campomaior.pi.gov.br).

O SAAE reafirmando seu compromisso com o meio ambiente, uma vez que contribui para minimizar o consumo de papel e, portanto torna-se uma solução sustentável e prática.

A partir de julho, o SAAE oferece a alternativa do envio da fatura por e-mail. A funcionalidade será de acordo com a preferência do usuário, caso ele não queira continuar recebendo no endereço do imóvel.

Para receber a fatura digital, o usuário deverá comparecer diretamente ao setor de Atendimento na sede, atualizar seu cadastro, informando o e-mail que irá receber, e fazer a opção apenas via e-mail. Após a solicitação e atualização do cadastro, o sistema do leiturista será ativado para o serviço.

Informações: portaldecampomaior

O FALSO ISOLAMENTO: Festas, bares e saidinhas contribuem para o aumento da COVID-19

Foto: Web

A cidade de Campo Maior chegou ao número de 663 pessoas infectadas pelo o novo coronavírus. O boletim foi divulgado na noite deste sábado (27), e trouxe 18 novos casos que foram registrados somente nas últimas 24 horas. O bairro Cariri, epicentro do vírus na cidade, registra agora 112 casos, 13 foram diagnosticados em menos de 24 horas.

A Prefeitura de Campo Maior, através da Secretaria de Saúde, Vigilância Sanitária, Secretaria de Trânsito e Polícia Militar, atuam em conjunto no combate a doença acerca de 3 meses. Mas todos os esforços não têm alcançado nem 80% do resultado esperado devido à imprudência de muitas pessoas.

Mesmo com todas as ações, orientações e medidas tomadas durante a semana, os casos continuam aumentando no município. Um dos fatores que mais tem contribuído para esse crescimento tem sido o falso isolamento social que foi adotado por uma boa parte da população.

As noites de Campo Maior continuam normais, são festas em casas, lives em grupos, churrasco e até mesmo shows para grupo de amigos. Os bares continuam lotados no final de semana, o atendimento é ali mesmo no local, sem delivery.

Outro ponto que tem contribuído para esse aumento de casos tem sido as aglomerações de pessoas. A pergunta é: As pessoas perderam o medo do vírus? E se um ente querido seu com complicações de saúde contrair a doença e não resiste como você irá se comportar? São muitos os questionamentos.

A verdade é que o perigo não passou, tem muita gente morrendo, tem muita gente lutando para viver e tem muita gente em um leito clínico ou UTI respirando por aparelhos e pedindo a Deus forças para não ser mais uma vítima dessa doença que já tirou milhões de vidas e que interrompeu muitos sonhos.  

As autoridades estão fazendo sua parte, os profissionais de saúde estão lutando nos hospitais para manterem as pessoas vivas. E você, o que você acha de também contribuir um pouco mais, afinal são vidas em jogo. Lembre-se que 2020 vai passar, que esse momento vai passar, e que muitas festas, encontros com amigos no bar irão acontecer ainda por muito tempo. Fiquem em Casa, Não Faça o Vírus Circular!