Publicidade 01

Slider

Imagens de tema por kelvinjay. Tecnologia do Blogger.

publicidade

publicidade

Text Widget

Sample Text

TV 100 Barreiras

GERAL

SAÚDE

ENTRETENIMENTO

ESPORTE

FOTO DO FATO

» » No Piauí mais de 5 mil pessoas ainda não sacaram o dinheiro do Pis/Pasep

A quatro dias do fim do prazo para saque do Abono Salarial do Pis/Pasep,  mais de 5 .200 piauienses ainda não procuraram suas agências bancárias para poder fazer a retirada do dinheiro. Todo o montante que não for sacado até a próxima sexta-feira (29) retornará para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e o trabalhador só poderá sacar o abono do ano seguinte.

No Piauí, o valor que ainda se encontra disponível para saque soma mais de R$ 4,8 milhões. Ao todo, o Governo identificou 274.608 trabalhadores aptos a fazerem a retirada do dinheiro e, até o momento, 269.315 já procuraram as agências da Caixa ou as do Banco do Brasil, somando mais de R$ 207 milhões sacados. A taxa de cobertura do Estado é de 98,07%, a maior do Nordeste.

O Governo Federal destinou R$ 16,9 bilhões para o pagamento do abono salarial referente ao exercício 2017/2018 a 24,3 milhões de trabalhadores. Segundo dados da Caixa Econômica Federal, só dentro do Pis, são R$ 15,7 bilhões para 22,1 milhões de beneficiários. O gerente estadual da Caixa, Raimundo Nonato Andrade, explica que têm direito ao saque do Pis/Pasep o trabalhador que recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada e exerceu atividade remunerada durante, ao menos, 30 dias em 2016.

“O trabalhador deve estar inscrito também na base do Pis/Pasep há pelo menos cinco anos e com dados cadastrais atualizados pelo empregador no ano-base 2016. Para sacar, ele deve ter o Cartão Cidadão e senha cadastrada para poder se dirigir aos terminais da Caixa ou a uma Lotérica. Se não tiver o Cartão, ele deve se dirigir até uma agência com documento de identificação”, explica Raimundo Nonato.

Para os funcionários públicos, a referência é o Banco do Brasil. O banco disponibiliza um aplicativo que precisa ser baixado e instalado para que o trabalhador consulte se tem direito e o valor do benefício.

Fonte: O Dia

«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga