Publicidade 01

Slider

Imagens de tema por kelvinjay. Tecnologia do Blogger.

publicidade

publicidade

Text Widget

Sample Text

TV 100 Barreiras

GERAL

SAÚDE

ENTRETENIMENTO

ESPORTE

FOTO DO FATO

» » Campo Maior passa a contar com atendimento exclusivo para síndromes gripais e Coronavírus



A Prefeitura de Campo Maior através da Secretaria Municipal de Saúde montou a Unidade de Atendimento Exclusivo para Síndromes Gripais e Coronavírus. Essa é mais uma ação desenvolvida pela gestão municipal para atender a saúde da população.
O prefeito Professor Ribinha e a secretária municipal de Saúde, Andréia Miranda, visitaram a unidade.

O atendimento funciona dentro da rede de atenção básica de saúde e sua formatação veio para permitir que as demais unidades básicas de saúde possam atender as demais demandas de saúde da comunidade, permitindo assim que as outras unidades atendam de forma mais segura a hipertensos, diabéticos, gestantes, crianças e vacinas, em um ambiente livre de suspeitos de síndrome gripal e Coronavírus.

A secretária Andréia Miranda disse que a unidade de atendimento exclusivo para Síndromes Gripais e Coronavírus, fará os atendimentos da agência básica direcionados, exclusivamente, a esse público, dotada de equipe qualificada para essa finalidade, onde trabalham com mais segurança e atenção exclusiva as síndromes gripais.

O prefeito Professor Ribbinha disse que é Importante deixar bem claro que não se trata de uma estrutura hospitalar e sim de atendimento ambulatorial, dentro da atenção primária em saúde, a qual é responsável pelo atendimento de pacientes com Síndromes gripais com sintomas leves.

A unidade exclusiva está funcionando na UBS ESF Centro II de domingo a domingo, com equipe composta por médicos, enfermeiros técnicos de enfermagem e biomédico.


TESTES RÁPIDOS

Os testes rápidos para detecção do coronavirus seguem as recomendações do ministério da saúde e só podem ser feitos, exclusivamente, em pacientes que possuem sintomatologia compatível com síndrome gripal, além de terem tido uma avaliação médica e terem sido devidamente notificados junto ao sistema de vigilância da gripe nacional, portanto ele não é aberto a todos, somente aos que se enquadro no quadro de real necessidade, conforme os protocolos do Ministério da Saúde.






ASCOM

«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga