Publicidade 01

Slider

Imagens de tema por kelvinjay. Tecnologia do Blogger.

publicidade

publicidade

Text Widget

Sample Text

TV 100 Barreiras

GERAL

SAÚDE

ENTRETENIMENTO

ESPORTE

FOTO DO FATO

» » Entrou oficialmente em circulação no Brasil a nota de R$ 200


A nova nota de R$ 200 entrou oficialmente em circulação nesta quarta-feira (2). O Banco Central divulgou imagens da cédula, que traz o lobo-guará como personagem. 

Serão produzidas 450 milhões de unidades até o fim do ano, o equivalente a R$ 90 bilhões. 

Em 2001, o BC fez uma enquete com a população com uma lista de animais em extinção para que elas escolhessem qual elas gostariam de ver estampados nas cédulas. Em primeiro lugar ficou a tartaruga-marinha, que está na nota de R$ 2, em segundo, o mico-leão dourado, que foi para a de R$ 20, e em terceiro lugar ficou o lobo-guará, que agora estampará a nota de R$ 200. 

Segundo o BC, o lançamento da nova nota tem o objetivo de atender maior demanda por papel-moeda com o pagamento do auxílio emergencial. Além disso, com a pandemia do novo coronavírus, aumentou o entesouramento (o dinheiro fica parado na mão das pessoas). 

O BC já estudava criar a cédula e, mesmo após a normalização da demanda, não pretende tirar o novo valor de face e circulação. 

A autoridade monetária gastará R$ 113,8 milhões a mais do que o previsto no orçamento anual para a produção das novas notas e para a impressão de mais 170 milhões de cédulas de R$ 100. 

O CMN (Conselho Monetário Nacional) aprovou, em 29 de julho, o lançamento da cédula de R$ 200. Na ocasião, o BC explicou que a medida não tem efeito inflacionário. Segundo a autarquia, não há relação direta da expansão da base monetária com a aceleração na alta dos preços. 

Em pesquisa realizada em 2018, 60% da população alegou utilizar dinheiro físico como principal meio de pagamento (57% entre lojistas). Desde 2002, com o lançamento da nota de R$ 20, o BC não havia colocado novos valores de face de cédulas em circulação.



Fonte: cidadeverde

«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga