Publicidade 01

Slider

Imagens de tema por kelvinjay. Tecnologia do Blogger.

publicidade

publicidade

Text Widget

Sample Text

TV 100 Barreiras


GERAL

CLIQUE E VEJA AS NOVIDADES!

SAÚDE

ENTRETENIMENTO


ESPORTE


FOTO DO FATO

» » » SESAPI diz que João Félix menti ao dizer que pacientes morreram na porta do hospital em Campo Maior


Dois pacientes morreram na noite dessa terça-feira (23), no Hospital Regional de Campo Maior vitimas da covid-19. O prefeito João Félix aproveitou a situação para criar um fato de quê os pacientes teriam ido a óbito dentro das ambulâncias na porta do hospital. Em nota, a direção desmentiu o caso e lamentou a postura do gestor.  

O hospital possui apenas leitos clínicos, com isso não está conseguindo atender pacientes em situação grave. Além disso, a unidade de saúde atende a cidade e moradores de outros 22 municípios da região. Somente em Campo Maior, são 50 mil pessoas. A expectativa é que as Unidades de Terapia Intensiva - UTI sejam colocadas ainda em 2021 no hospital.

PREFEITO OMISSO

Sem ter apresentado nenhuma ação, o prefeito João Félix se sai da situação grave que Campo Maior vive e tenta jogar para o governo do estado toda a responsabilidade. Até o momento, o gestor não buscou alternativas para tentar ajudar o estado no tratamento dos pacientes com a covid-19. Todos os pacientes estão sendo atendidos e acompanhados pelo hospital regional, o que sobrecarrega o sistema.

Campo Maior já registrou 86 óbitos pela doença e tem mais de 4.042 casos confirmados. No município os casos só aumentam, sem nenhuma medidas de combate ao vírus os casos cresceram de forma rápida.

NOTA DA SESAPI 

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) informa que não foram registrados óbitos de pacientes dentro de ambulância, na última terça-feira (23), a espera de leitos no Hospital Regional de Campo Maior (HRCM). 

Os dois óbitos registrados no dia 23 de março, foram de pacientes que já estavam internados na unidade de saúde. Quanto à frequência de ambulâncias na data de ontem, apenas dois veículos deram entrada, ambas para fazer transferência de pacientes para Teresina. 

O HRCM dispõe de 14 enfermarias com 50 leitos (clínicos e de estabilização), com canalização de gases e toda a estrutura para atendimento de pacientes com Covid-19, além de dois médicos 24h e equipe multiprofissional.  No momento, a unidade de saúde possui 19 vagas. 

O Hospital Regional de Campo Maior atende a cidade de Campo Maior e 20 municípios da região. Quanto ao setor da maternidade no HRCM, o mesmo está em pleno funcionamento.


Diego Nascimento

Informações: G1/PI

«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga