Publicidade 01

Slider

Imagens de tema por kelvinjay. Tecnologia do Blogger.

publicidade

publicidade

Text Widget

Sample Text

TV 100 Barreiras


GERAL

CLIQUE E VEJA AS NOVIDADES!

SAÚDE

ENTRETENIMENTO


ESPORTE


FOTO DO FATO

» » » Piauí Auxílio: Benefício é aprovado aos trabalhadores desempregados e empreendedores; pagamentos iniciam na segunda


O benefício será concedido aos trabalhadores desempregados e pequenos empreendedores. A previsão é de o pagamento do “Piauí Auxílio” iniciar na próxima semana, de 26 a 30 de abril. A lista dos aprovados deve ser divulgada nesta sexta (23) no site do Piauí Auxílio.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) divulgou os dados na noite de quinta-feira (22) e informou que serão investidos mais de “R$ 4 milhões, que irão aliviar os efeitos socioeconômicos derivados da pandemia da Covid-19”.

De acordo com a SDE, o site para cadastro chegou a receber, no período de 06 a 15 abril, 7.673 pedidos, mas, após análise dos dados, somente 4.016 tiveram o cadastro aprovado conforme a legislação do benefício.

A SDE ressalta que “esta medida faz parte de um conjunto de medidas do Governo do Estado pra ajudar pessoas físicas e jurídicas nesse momento tão desafiador em função da pandemia”.

O total de 4.016 aprovados ficou dentro da expectativa do Governo do Estado, que estipulou o pagamento de quase 6 mil benefícios.

O trabalhador aprovado no “Edital Pessoa Física” vai receber a ajuda de R$ 1 mil, dividido em duas parcelas de R$ 500. A primeira parcela será paga na próxima semana.

Já o pequeno empreendedor aprovado no “Edital Pessoa Jurídica com CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas)” receberá o valor em cota única de R$ 1 mil.

No momento do cadastro no site, os interessados registraram uma conta bancária para receber o auxílio. O beneficiado receberá o pagamento na conta cadastrada.

Na semana passada, o secretário de Fazenda, Rafael Fonteles, informou que o Governo do Estado realizava o cruzamento de dados para evitar a duplicidade e fraudes no Piauí Auxílio.

Após o cadastro e cruzamento de dados, a SDE enviou a lista para a Sefaz (Secretaria de Fazenda) para a liberação dos recursos.

“Com as informações do Cidade Verde

«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga