Publicidade 01

Slider

Imagens de tema por kelvinjay. Tecnologia do Blogger.

publicidade

publicidade

Text Widget

Sample Text

TV 100 Barreiras


GERAL

CLIQUE E VEJA AS NOVIDADES!

SAÚDE

ENTRETENIMENTO


ESPORTE


FOTO DO FATO

» » Vereador Zacarias repudia em sessão as perseguições aos trabalhadores em Campo Maior


O vereador Zacarias Neto usou a tribuna no grande expediente da sessão dessa terça-feira, (25), para falar da indignação da população campo-maiorense com os últimos episódios que a cidade vivenciou com a agressão feita por um agente de trânsito a um trabalhador que vende frutas e verduras na Praça Bona Primo em Campo Maior.  

O parlamentar disse que empreender é uma das missões mais difícil da vida. Que é inadmissível o prefeito João Félix chegar para esse público que são todos pais de família e da 24h para que eles deixem de trabalhar sob pena de prisão. Ele reforçou que esses trabalhadores precisam é de incentivo, de serem enaltecidos e não sofrerem agressão em praça pública.

Zacarias Neto disse que como parlamentar não pode baixar a cabeça para tal situação. Ele falou aos colegas vereadores que se o poder executivo tivesse uma solução para todos os vendedores, um local já disponível com estrutura adequada para acomodar esses trabalhadores, teria o apoio dele, mas chegar e simplesmente despejar esses pais de família com agressão física, isso jamais.   

“Muitos campomaiorenses estão voltando para sua terra. Esse crescimento de pessoas vendendo no comércio ambulante é devido ao momento que o país vive economicamente, essas pessoas não tem condição de alugar um ponto comercial, de pagar energia, o dinheiro é contado” destacou o parlamentar.

O vereador finalizou sua fala com uma reflexão: “Eu fico me perguntando, no momento que nós estamos passando, eu temo a gente chegar um dia e termos uma praça bonita e não ter ninguém para aplaudir. Eu pergunto; a prioridade nesse momento é praça ou povo que está passando fome?”, finalizou o parlamentar.  

«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga