Publicidade 01

Slider

Imagens de tema por kelvinjay. Tecnologia do Blogger.

publicidade

publicidade

Text Widget

Sample Text

TV 100 Barreiras


GERAL

CLIQUE E VEJA AS NOVIDADES!

SAÚDE

ENTRETENIMENTO


ESPORTE


FOTO DO FATO

» » Prefeitura de Altos abre licitação de quase R$ 1 milhão para sanitizar a cidade

Foto: Divulgação/Ascom

O Município de Altos do Piauí, distante 41 km da capital Teresina, abriu processo licitatório sob suspeita para contratação de empresa para prestação de serviços de sanitização da cidade. A abertura do processo licitatório divulgado pelo Prefeito Maxuel da Marinha (MDB), divulgou um valor exorbitante a ser pago de R$ 823.500,00 (oitocentos e vinte e três mil e quinhentos reais), apenas em sanitização do município.  

A licitação foi publicada no dia 06 de julho de 2021. Para o serviço a ser prestado, o valor altíssimo que consta, além de ser imoral, vai de total desencontro com a realidade de gastos de outros municípios do nordeste maiores do que Altos. Item principal como hipoclorito de sódio (água sanitária), tem um valor de mercado baixo, o que não justifica o valor na licitação.

Em agosto do ano de 2020, várias prefeituras no Piauí foram alvos de investigação pela Polícia Federal sob suspeita de superfaturamento na compra de insumos para utilizar na sanitização, principalmente no hipoclorito de sódio, principal componente usado na desinfecção das ruas e estabelecimentos.

O valor tem sido questionado pela população e principalmente pela oposição da cidade, que pedem esclarecimentos do Prefeito Maxuel da Marinha acerca do valor milionário que ele pretende gastar apenas com desinfecção das ruas.

Outro questionamento acerca da licitação, é que na gestão passada as ações de sanitização e outras medidas eram realizadas com profissionais do próprio município. Porém o Prefeito Maxuel da Marinha abriu licitação para contratar empresa para fazer o serviço. Claramente uma prática usada para superfaturamentos e desvio de recurso público.  

No ano passado, a Prefeitura de União do Piauí que tem praticamente o mesmo número de habitantes de Altos, foi alvo da Polícia Federal sob suspeita de superfaturamento na aquisição de hipoclorito de sódio, o valor divulgado na época foi de R$ 293 mil na compra do produto. A Policia Federal deflagrou a operação “NaClo”, e passou a investigar o caso.

No Município de Altos do Piauí, o valor que foi aberto no processo licitatório para contratação da empresa é três vezes maior do que o caso investigado em União.

Por: Diego Nascimento



 

«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga